Faculdade Maurício de Nassau UNINASSAU | Ser Educacional
13 Dezembro
MATÉRIA
Ser Educacional lança software de inteligência artificial
Por Thiago Ribeiro

O Ser Educacional, um dos maiores grupos de ensino superior do Brasil, anunciou a adoção de um software de inteligência artificial baseado em sistemas cognitivos, SOFIA, nome dado ao avatar, que funcionará como tutor assistente e ajudará professores e alunos a aumentar a eficiência e absorção das matérias lecionadas já em 2018. A princípio, apenas na disciplina de Empreendedorismo, que está presente em todos os cursos da grade curricular do grupo.

“Vivemos buscando inovações e pesquisamos sempre melhorias para nossos alunos e foi assim que encontramos SOFIA“, disse o vice-presidente de serviços do Ser Educacional, Joaldo Diniz, para depois completar: “Ela estará disponível 24 horas aos estudantes, mas é importante deixar claro que nunca irá substituir um professor. Para nós, um professor é o eixo central de qualquer instituição de ensino”.

Leia a matéria completa

29 Novembro
MATÉRIA
Confira uma reportagem sobre câncer de Próstata
Por Raquel Barbosa

 

 A doença que, em 2016, apresentou cerca de 61 mil novos casos, no Brasil, com o registro de mais de 13 mil mortes (os dados são do INCA – Instituto Nacional do Câncer), é o tipo de câncer que mais ataca o homem, depois do câncer de pele. Para conscientizar a população sobre a importância de se buscar o médico para a prevenção e tratamento da doença, foi criada, na Austrália, em 1999, a campanha Novembro Azul, de conscientização da saúde do homem e das doenças masculinas, com ênfase na prevenção e no diagnóstico precoce do câncer de próstata.

 

Confira a matéria completa

    29 Novembro
    MATÉRIA
    UNINASSAU realiza II Simpósio de Biomedicina
    Por Raquel Barbosa

    No dia 22 de novembro, aconteceu a abertura do II Simpósio de Biomedicina (SerBiomed), realizado pela Faculdade UNINASSAU Natal. Além de celebrar o Dia do Biomédico, o evento tem como objetivo divulgar a história do curso no Brasil e na região, e ainda destacar as principais áreas de trabalho e pesquisas, mostrando os desafios da profissão para os acadêmicos como forma de incentivo.
     
    A coordenadora do curso, Raquel Barbosa, lembrou aos alunos que o aprendizado vai além da sala de aula e que eventos científicos oportunizam uma aproximação dos acadêmicos com profissionais conceituados de diferentes áreas de atuação. “Hoje quero vocês sigam os quatro pilares básico do saber, que são: aprender; fazer; viver e ser, aproveitando cada minuto deste dia para agregar conhecimento e pensar nas diversas áreas que a biomedicina oferece no mercado de trabalho”, enfatizou Raquel.
     

    22 Novembro
    MATÉRIA
    8 invenções e melhorias médicas idealizadas por enfermeiras
    Por Andreza Silvia

    A maioria das pessoas pensa que os avanços médicos são todos feitos em laboratórios, longe dos pacientes. Mas, na verdade, as enfermeiras sempre contribuíram para esse tipo de avanços. As 8 invenções e melhorias médicas que vamos mostrar em seguida são um exemplo disso.

     

    Carrinho de Emergência

    Se o seu coração parar, o desfibrilador pode salvar sua vida. Mas quem idealizou os carrinhos de emergência para levá-lo aos pacientes? Foi a enfermeira Anita Dorr! Ela teve essa ideia em 1968, após observar que os médicos perdiam tempo precioso ao transportar os pacientes até os desfibriladores. Os carrinhos de emergência não só incluem o desfibrilador, mas também muitas outras ferramentas e medicamentos.

    Material codificado por cores

    Até 2003, as agulhas, sondas e outros suprimentos médicos eram feitos de plástico transparente. Mas a enfermeira Teri Barton-Salinas e sua irmã Gail Barton-Hay decidiram implementar códigos de cores para ajudar a reduzir os erros médicos.

    Durante uma emergência, enfermeiros e pessoal médico têm apenas segundos para identificar o material certo. Um erro pode ser fatal e não há tempo a perder. Graças aos códigos de cores das irmãs Barton, eles podem escolher visualmente o material conforme necessário. Simplesmente brilhante!

     

    Confira mais aqui.

    22 Novembro
    MATÉRIA
    Curiosidade sobre a origem do Dia do Farmacêutico
    Por Andreza Silvia

    A origem do dia do farmacêutico ocorreu ano de 1941, quando foi discutida pela primeira vez a possibilidade da criação de um dia para homenagear os farmacêuticos, quando o então farmacêutico Dr. Oto Serpa Grandado questionou a criação da data comemorativa durante uma reunião na Associação Brasileira de Farmacêuticos (ABF) em 7 de Janeiro de 1941.

    Durante a reunião na qual participava, fez o seguinte questionamento:  “Todas as profissões tem o seu dia, data especial para comemorar o ideal abraçado. Por que não temos o nosso “Dia”? Foi a partir desta sugestão que surgiu a primeira proposta de criação da data comemorativa.

     

    Saiba mais aqui

    17 Novembro
    MATÉRIA
    Dispositivo auxilia na identificação de tecido tumoral
    Por Edjacy Lopes

     

    Um grupo internacional de pesquisadores coordenado pela química brasileira Lívia Schiavinato Eberlin, da Universidade do Texas, em Austin, Estados Unidos, desenvolveu um dispositivo capaz de identificar tecidos tumorais de um modo mais rápido e preciso durante as cirurgias oferecendo resultados em cerca de 10 segundos. O aparelho foi batizado de MasSpec Pen e pode auxiliar os médicos a definir quais tecidos devem ser extraídos e quais podem ser preservados, de modo a aperfeiçoar o tratamento e diminuir o risco de o tumor reaparecer. Os resultados dos primeiros testes com o novo dispositivo foram apresentados em um artigo publicado no começo de setembro na revista Science Translational Medicine.

    Os métodos empregados atualmente para determinar os limites entre os tecidos tumorais e sadios durante a cirurgia são lentos e, às vezes, imprecisos. O mais conhecido é o de criosecção, em que uma amostra do tecido é retirada, preparada e submetida à avaliação de um patologista. O procedimento leva em torno de 30 minutos, prolongado o tempo da cirurgia, o que pode colocar o indivíduo em risco. O problema é que nem sempre os resultados são acurados. Muitas vezes, além de tecidos tumorais, removem-se também partes de tecido saudável.

     

    Confira a matéria completa.

     

    17 Novembro
    Salvador
    Brasil registra aumento no número de casos de brucelose humana e por acidente vacinal
    Por Edjacy Lopes

     

    Caracterizada como importante zoonose de distribuição mundial, a brucelose é um sério problema de saúde pública. Embora tenha havido grande progresso no controle da doença em muitos países, ainda existem regiões onde a infecção persiste em animais domésticos e, consequentemente, a transmissão à população humana ocorre. No Brasil, o infectologista especialista em brucelose humana, Dr. Marcos Vinícius da Silva, acredita que o número de casos esteja aumentando, pois além da transmissão natural, hoje tem aumentado o número de casos por acidente vacinal uma vez que, as vacinas usadas na medicina veterinária, tanto em bovinos como em caprinos, podem produzir a doença em humanos.

     

    Confira a matéria completa. 

     

    17 Novembro
    MATÉRIA
    Brasil está em alto risco de futuras epidemias
    Por Edjacy Lopes

    Publicado recentemente o trabalho “Vertebrate Reservoirs of Arboviruses: Myth, Synonym of Amplifier, or Reality?”, aborda questões controversas relativas aos reservatórios de vertebrados e seu papel na persistência de arbovírus na natureza, examina a gênese do problema a partir de uma perspectiva histórica, discute várias questões não resolvidas a partir de múltiplos pontos de vista, além de avaliar o status atual fornecendo opções para uma solução para o problema. Para o doutor Duane J Gubler, Professor Emérito do Programa de Doenças Infecciosas Emergentes da Duke National University of Singapore Medical School, um dos autores da obra, este trabalho se tornará um artigo inovador no campo de arbovirologia. “Pela primeira vez ele identifica falhas no nosso pensamento e crenças de que arbovírus requerem um reservatório vertebrado para permanecer na natureza. Eu também penso que o trabalho influenciará novas correntes de pensamento de como e onde os arbovírus evoluem”, aponta.

     

    Confira a matéria completa.

    17 Novembro
    MATÉRIA
    Tuberculose na população carcerária: negligência ou crime?
    Por Edjacy Lopes

    Em tempos de comunicação rápida, memes virais e mensagens que duram alguns segundos e são esquecidas no momento seguinte, não é fácil falar de assuntos complexos, incômodos e que exigem reflexão. É assim com a tuberculose. O que parece doença do passado ou 'do outro' é de uma gravidade alarmante e que não poupa suas vítimas. A tuberculose está entre as doenças negligenciadas, mas o que temos visto já não é mais negligência, é crime. E é um crime que ocorre de forma assustadora no nosso estado.

    O Rio de Janeiro é o campeão nacional de mortes causadas pela doença, com média de um óbito diário. Há registros de casos em todas as classes, mas é entre os mais pobres que a tuberculose causa mais vítimas. E é na população carcerária que o descaso com a enfermidade tem se revelado mais aparente. Os presídios são 'fábricas de tuberculose', que põem em risco todos os que circulam pelo sistema internos, agentes, familiares. E é bom lembrar que a epidemia nessas unidades acaba sendo transmitida para a população em geral, já que a tuberculose não respeita muros ou classe social.

     

    Confira a matéria completa. 

     

    17 Novembro
    MATÉRIA
    Especialista alerta para ameaça global das bactérias resistentes aos antibióticos
    Por Edjacy Lopes

     

    Uma das maiores ameaças à saúde global atualmente, a resistência aos antibióticos pode afetar pessoas de qualquer idade, em qualquer lugar do mundo. O alerta é da Organização Mundial da Saúde (OMS), que promove, entre os dias 13 e 19 de novembro, a Semana Mundial do Uso Consciente de Antibióticos (World Antibiotic Awareness Week). O objetivo da campanha é conscientizar a população, os profissionais de saúde e gestores públicos sobre a resistência.

     

    Confira a reportagem completa clicando no link.

     

     

     

    Páginas