Faculdade Maurício de Nassau UNINASSAU | Ser Educacional
09 Outubro
ATIVIDADE
Novo equipamento é instalado no laboratório de física experimental
Por Julio Viana

No dia 04 de Outubro, funcionários da Faculdade UNINASSAU, unidade Lauro de Freitas, receberam treinamento da empresa Algetec na pessoa do engenheiro mecânico Thales Almeida para utilização dos novos trocadores de calor, adquiridos pela instituição. Estiveram presentes no treinamento o Coordenador dos cursos de engenharia Prof. Júlio Viana, os professores Aline Santana e Geraldo Bacelar e as técnicas de laboratório Joana Baltazar e Helenice Santos.   

 

                                                                       

 

 

Os novos equipamentos beneficiará os discentes em suas atividades de pesquisa, ensino e extensão, a partir das orientações do corpo docente da unidade.

                                                                    

09 Outubro
AULA
Estudantes apresentam projetos ligados aos Fundamentos da Termodinâmica
Por Julio Viana

No dia 27 de setembro, os estudantes da Faculdade UNINASSAU, unidade Lauro de Freitas, apresentaram os projetos desenvolvidos pelo 4º semestre do curso de engenharia mecânica.

 

A proposta integra as atividades desenvolvidas na disciplina fundamentos da termodinâmica, ministrada pela professora Aline Santana.

 

Segundo Aline, foi proposto como aula experimental, com o desenvolvimento de projetos ligados aos fundamentos da termodinâmica, com vista à aplicabilidade do conteúdo teórico abordado em sala de aula.

 

Um retroescavadeira (sistema hidráulica), energia eólica, barco a vapor, motor Sterling, e gerador termoelétrico, foram alguns dos projetos apresentados.  

 

                                                                       

 

 

 

 

 

                                                                    

02 Outubro
MATÉRIA
Turbinas japonesas colhem energia das ondas e protegem o litoral da erosão
Por Tarcisio Trajano

Pesquisadores do Instituto Okinawa de Ciência e Tecnologia (OIST) no Japão estão trabalhando para criar turbinas especiais que colhem energias renováveis das ondas, ao mesmo tempo que protegem as costas do mais da erosão.

As turbinas são projetadas para serem ancoradas ao fundo do mar com cabos de amarração junto a tetrápodes (estruturas de concreto em forma de estrela destinadas a reduzir a erosão) ou barreiras naturais, como os recifes de corais. Essas estruturas têm um enorme potencial para amortizar o impacto de ondas poderosas nas costas e capturar a energia oceânica aparentemente infinita.

Confira a matéria completa aqui. 

30 Setembro
MATÉRIA
Suíça vai aspirar CO² do ar e reaproveitá-lo como fertilizante
Por Tarcisio Trajano

Cogita-se muito sobre alternativas para combater o aquecimento global e frear o aumento da temperatura em até 2ºC até o fim deste século, de acordo com especialistas do setor. Assim, começam a proliferar mundo afora diferentes alternativas para reduzir as emissões de CO².

 

Na Suíça, por exemplo, a empresa Climeworks vai inaugurar uma planta comercial capaz de sugar do ar o dióxido de carbono emitido por carros, aviões e até mesmo trens.

Além disso a companhia vai revender o material capturado para uma fabricante de legumes e verduras, que usará o gás como fertilizante vegetal, tendo assim um aumento de 20% na sua produção.

Confira a matéria completa.

21 Setembro
MATÉRIA
O futuro com os veículos elétricos e híbridos
Por Robson Barros

A ascensão dos veículos elétricos (VEs) e híbridos (VEHs) nas últimas décadas se dá num contexto de crescente preocupação com questões ambientais. Empresas e governos passaram a investir e incentivar formas mais sustentáveis de mobilidade, visando a redução de poluentes e uma maior eficiência na mobilidade urbana. Desse modo, o que era visto como tecnologia futurista, agora é uma realidade. 

Na Europa, o incentivo governamental - na forma de subsídios e isenção de impostos - para a utilização de destes veículos tem crescido muito nos últimos anos. Outra tendência é a iniciativa de acabar com as vendas de veículos tradicionais. Em Julho deste ano, por exemplo, o governo do Reino Unido anunciou que até 2040 planeja abolir a venda de veículos de combustão convencionais de gasolina e diesel, como forma de combater a alta poluição do ar em suas estradas. 

Dificuldades como preço elevado e autonomia limitada da bateria ainda são entraves para essa indústria próspera. Entretanto, o crescente avanço tecnológico e apoio governamental para os veículos elétricos - principalmente na Europa e na China - faz com que a superação dessas dificuldades esteja cada vez mais próxima.

 

Confira a matéria completa

20 Setembro
PALESTRA
Alunos participam de palestra sobre Inovação, Patentes & Inovações Tecnológicas
Por Tarcisio Trajano

No dia 15 de Setembro foi realizada no auditório da UNINASSAU - João Pessoa, uma palestra sobre Inovação, Patentes & Inovações Tecnológicas, com o palestrante Henry Suzuki, Sócio diretor da Axonal Consultoria e Principal da Innovalyst LLC.

Os alunos aproveitaram para conhecer mais sobre o assunto e tirar dúvidas sobre o mercado. 

Confira as fotos!

31 Agosto
MATÉRIA
GDT de energia deve ser impulsionada nos próximos anos
Por Kelly Santos

O aumento das encomendas na área de transmissão de energia elétrica, motivado principalmente pela realização de leilões para novas linhas, deve impulsionar o segmento de Geração, Transmissão e Distribuição (GTD) nos próximos anos. A previsão para 2017 é de um crescimento em torno de 4%.

A reportagem completa sobre o assunto pode ser encontrada na revista O Setor Elétrico

29 Agosto
MATÉRIA
Perspectivas para a Engenharia Heliotérmica no Brasil
Por Kelly Santos

Ao longo dos últimos anos, a energia heliotérmica vem ganhando espaço na discussão sobre energias renováveis e a diversificação da matriz energética no Brasil. Durante a quarta edição do Dia da Indústria Heliotérmica, realizado em São Paulo nos dias 16 e 17 de agosto de 2017, foram discutidas as perspectivas para a energia Heliotérmica no Brasil.

A reportagem completa pode ser acessada aqui. 

29 Agosto
MATÉRIA
O impacto da transformação digital na carreira dos profissionais de TI
Por Kelly Santos

A adoção da transformação digital pelas empresas, baseada na melhor experiência do cliente, trouxe um impacto na carreira dos profissionais de Tecnologia da Informação. A tendência do digital veio para atender um novo perfil de cliente, mais imediatista e dinâmico e que, portanto, exige um atendimento mais ágil e customizado, impactando inclusive naquele que o atende.

Em outras palavras, a dinâmica, que antes conduzida com entregas de longo prazo, hoje precisa dar lugar a entregas ágeis e que atendam rapidamente a demanda de inovação do mercado. E como o profissional deve se preparar para atender este novo perfil de consumo?

Confira a matéria completa.

 

Páginas