Faculdade Maurício de Nassau UNINASSAU | Ser Educacional
05 Junho
RESULTADO
Resultado da seleção de projetos para Fenearte 2018
Por Lenira de Melo

Saiu o resultado do Concurso para a Praça de Descanço da UNINASSAU da XVIII Fenearte!

 

O concurso foi aberto para todos os alunos dos cursos de Arquitetura e Urbanismo e Design de Interiores da instituição. Foram inscritas oito equipes e três trabalhos selecionados para julgamento. A Comissão julgadora foi composta pelos docentes Danyeverson Phelipe, Andrea Romão, Genésio Padilha e Lúcia Helena. Os critérios para julgamento foram: solução plástica, solução espacial, exequibilidade do projeto, dentro do contexto pré-definido - Tema: FENEARTE HOMENAGEIA MESTRE SALUSTIANO. A Praça da UNINASSAU teve como tema "O MARACATU PIABA DE OURO". O projeto será executado na XVIII Fenearte, com montagem realizada pelos alunos da equipe vencedora, acompanhados pelo professor orientador.

Resultado:

Equipe vencedora - Rúbia Rafaelly, Manuella Campos - alunas do sétimo período, turno manhã, orientados pela docente Lenira de Melo.

Segundo lugar - Ana Priscilla, Claudia Letícia, Graziele Fonseca, Aline Souza, Luiz Renato, Sabrina Souza, Joana Letícia - alunos do sétimo período, turno noite, orientados pela docente Suely Vasconcelos.

 

Terceiro lugar - Dayenne Gomes, Emilly Gonçalves, Gisele Patriota, Italo Cabral, Jonas Neves, Mathes Arruda, Miquelina Góndola - alunos do quinto período, turno manhã, orientados pela docente Andrea Reis.

 

Segue o parecer da comissão:

"O trabalho representa a essência do novo caminho trilhado pela arquitetura e pelo design. Busca a relação entre a tradição e a sustentabilidade, com materiais simples, clareza na leitura espacial apresenta uma solução que se encaixou com firmeza ao que foi solicitado no concurso. A dinâmica do espaço, que pode ser alterada mudando a posição dos bancos de pallet, traz flexibilidade ao lugar o que torna o projeto ainda mais interessante."

"Um ponto forte na proposta é o uso dos pallets para compor os assentos, pois permite flexibilidade no layout da praça, tornando e espaço dinâmico"

"A equipe vencedora conseguiu, de forma simples e utilizando materiais recicláveis e de baixo custo, expressar a autenticidade do maracatu e a sua força no cenário artístico pernambucano e brasileiro."

 

A coordenação e docentes parabeniza a todos os alunos envolvidos!!!

05 Junho
Atenção
Resultado da seleção de projetos para Fenearte
Por Lenira de Melo

Saiu o resultado do Concurso para a Praça de Descanço da Uninassau da XVII Fenearte!

 

 

O concurso foi aberto para todos os alunos dos cursos de Arquitetura e Urbanismo e Design de Interiores da instituição. Foram inscritas seis equipes e três trabalhos selecionados para julgamento. A Comissão julgadora foi composta pelas docentes Andrea Reis, Ana Maria Maciel e Marília Matoso. Os critérios para julgamento foram: solução plástica, solução espacial, exequibilidade do projeto, dentro do contexto pré-definido - Tema: PERNAMBUCO E SUAS RAÍZES CULTURAIS. O projeto será executado na XVII Fenearte, com montagem realizada pelos alunos da equipe vencedora, acompanhados pelo professor orientador.

Resultado:

Equipe vencedora - Otávio Gomes, Lucas Phelipe, Alynne Myrella, José Paulo, José Elias, Maria Eduarda - alunos do oitavo período, turno manhã, orientados pela docente Lenira de Melo.

Segundo lugar - Rúbia Rafaelly, Manuella Campos, Lucas Silva, Gemina Antunes - alunos do quinto período, turno manhã, orientados pela docente Lenira de Melo.

Terceiro lugar - Diôgo Cavalcanti, Renata Cristina - alunos do nono período, turno noite, orientados pela docente Suely Mangabeira.

 

Segue o parecer da comissão:

Manguetown é uma proposta conceitual que difere das demais apresentadas. Através da leitura moderna da imagem de Chico Science pode-se ver o estado de Pernambuco representado com sua musica, natureza e cultura. (Andrea Reis)

A proposta manguetown faz alusão forte ao tem da Feira desse ano que é a cultura Pernambucana e sem cair no pastiche, conseguiu expressar a identidade da música, da cidade e do mangue em forma de espaço que além de cumprir a proposta funcional do sentar da praça, também é um interessante espaço lúdico de conhecimento e informação. (Marília Matoso)

A proposta Manguetown apresenta como diferenciais o tratamento de todas as superfícies piso, parede de fundo e cobertura. A proposta em aramado com referencia a rede de pesca foi uma ideia leve e contemporânea. A proposta apresentou também numero de espaços de sentar e todos os elementos propostos são coerentes com a homenagem a Chico Sciense. (Ana Maria Maciel).