Faculdade Maurício de Nassau UNINASSAU | Ser Educacional
20 Julho
Oportunidade
Cursos de inverno dão o tom em psicologia
Por Maio Spellman

O inverno come solto e chegou a hora de pegar sue café com leite e participar dos cursos de inverno da psicologia UNINASSAU JOÃO PESSOA.

Os cursos subdividem-se em capacaita, extensão e aulões para futuros alunos.

Os capacitas, para a comunidade , acontecerão dias 17/21 e de 25 a 27 de julho. Os cursos de extensão dias 19 e 20 e os aulões para futuros alunos de 25 a 31 de julho.

Traga alguém para compartilhar deste momento de conhecimento e esquentamento da sabedoria.

Nesta sexta-feria a temática no CAPACITA é sexualidade.

INFORMAÇÕES.

DIA 21.07/19H-SALA 08/BLOCO B
CONVERSAS ENTRE PAIS E FILHOS: SEXUALIDADE
Prof. Msc. SÓCRATES PEREIRA
Professor Titular da Faculdade UNINassau, Psicólogo Clínico -
Institucional. Psicanalista em Formação. Mestre em Ciências das
Religiões pela Universidade Federal da Paraiba (UFPB). Experiência na
área de ensino e prática em Psicologia organizacional, psicologia clínica
de base psicanalítica, psicologia hospitalar e psicologia jurídica, em
disciplinas na modalidade a distância e presencial.

 

 

 

 

20 Julho
Evento
Melhores momentos do curso de estética na 11ª Feira Paraibana de Beleza
Por Ivana Santos

Nos dias 15,16 e 17 de julho o curso de Estética e Cosmética da UNINASSAU-JP participou da 11ª feira Paraibana de Beleza, onde tivemos a oportunidade de trocar e adquirir conhecimentos junto a diversas empresas e profissionais locais e nacionais. Foram três dias de muito aprendizado, onde as alunas tiveram a oportunidade de colocar em prática, todo o conhecimento adquirido em sala de aula. No último dia do evento sorteamos uma linda cesta com produtos de beleza ( parceria com a ESSENCIALE) e com itens da nossa instituição.

 

 

Tags: 
20 Julho
Conheça mais
Gastronomia: Uma profissão promissora
Por José Filipe

Ao contrário do que se pensa, o profissional formado em Gastronomia possui conhecimentos que vão muito além das habilidades técnicas para manusear e preparar alimentos. Durante sua formação, este profissional aprende sobre gestão, segurança alimentar, processos industriais, valor nutricional e características dos alimentos, legislação relacionada à indústria alimentícia e muito mais. Essa área está sendo cada vez mais procurada pelas pessoas que querem empreender e/ou mudar de área, uma vez que o mercado de trabalho tem cada vez mais absorvendo os alunos que saem das faculdades. Para ser ter uma melhor qualificação, o interessado deve procurar uma instituição de ensino que prime pela qualidade no ensino e que proporcione a melhor vivência para os discentes.

A estrutura curricular do curso apresenta disciplinas teóricas sobre a História da Gastronomia, Segurança Alimentar, Bioquímica, Microbiologia de Alimentos e Nutrição. Grande parte da carga horária do curso é formada por atividades práticas, nas quais o estudante aprende sobre gastronomia brasileira e internacional, enologia, confeitaria, panificação, bebidas e muito mais.

O aluno de Gastronomia tem também disciplinas ligadas à Administração, como por exemplo: Empreendedorismo, Planejamento de Cardápios, Gestão Financeira, Planejamento físico de Restaurantes, etc.

http://g1.globo.com/pb/paraiba/bom-dia-pb/videos/t/edicoes/v/conheca-mais-sobre-os-cursos-de-gastronomia/6017556/

 

20 Julho
Notícia
Educação superior particular cresce em qualidade acadêmica
Por Mariana Araújo

INSTITUIÇÕES DE ENSINO PARTICULARES TEM CRESCIMENTO NA QUALIDADE EM ÂMBITO ACADÊMICO

As instituições de ensino superior (IES) particulares estão evoluindo tanto em qualidade quanto em aumento dos cursos de excelência. É o que indicou a análise de cenário realizada pela Associação Brasileira de Mantenedoras de Ensino Superior (ABMES), em parceria com a Educa Insights, empresa especialista em pesquisa no mercado da educação.

Ao avaliar indicadores de qualidade de IES públicas e particulares, baseados nos dados do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), a análise demonstra o panorama da qualidade do ensino superior brasileiro de instituições de ensino superior (IES), em diferentes categorias administrativas, e ele indica uma maior evolução no setor particular.

Primeiramente, foi feita a análise da evolução das IES e dos cursos de excelência levando em conta o resultado do Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (Enade) de 2015 e os indicadores de qualidade: Conceito Preliminar de Curso (CPC) e o Índice Geral de Cursos Avaliados da Instituição (IGC).

Foram analisados os comportamentos e cursos de excelências das IES com notas 4 e 5, dos setores público e privado. O resultado mostrou que houve uma maior evolução no setor particular, apesar de a proporção de IES e cursos de excelência ainda ser maior no setor público.

Segundo dados do Censo da Educação Superior de 2015, das 2.364 instituições de ensino superior (IES) existentes no Brasil, 2.069 são particulares. No entanto, a concentração dos cursos de excelência ainda é maior nas IES públicas (37% contra os 28% oferecidos pelas IES particulares). Vale registrar, contudo, que uma quantidade maior de alunos desses cursos de excelência (85%) está ingressando nos oferecidos pelas IES particulares, o que indica que o potencial dos cursos de excelência é ainda melhor aproveitado no setor privado, mesmo com uma fatia menor de IES com cursos de excelência.

A análise também levantou as melhores IES por cursos avaliados e o resultado demonstrou que as instituições particulares estão evoluindo. Foram selecionados os 15 maiores cursos do ciclo de 2015 e analisadas as dez melhores IES por curso (a partir das notas do CPC= 4 e 5). O resultado indicou as das IES de melhor performance de CPC são as particulares e, mesmo quando consideramos somente cursos de graduação bacharelado, percebemos que 79% das IES com os melhores cursos também são as privadas.

Para o diretor executivo Da Associação Brasileira de Mantenedoras de Ensino Superior (ABMES), Sólon Caldas, o setor de educação superior particular vem crescendo muito ao longo dos anos. “Isso demonstra que as IES particulares estão sendo fundamentais para a expansão do setor e estão altamente competitivas em nível de qualidade acadêmica e institucional, contribuindo para o aumento de acesso à educação superior”, reiterou Caldas.

Para saber mais

O Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (Enade) avalia o rendimento dos concluintes dos cursos de graduação, em relação aos conteúdos programáticos, habilidades e competências adquiridas em sua formação. O exame é obrigatório e a situação de regularidade do estudante no Exame deve constar em seu histórico escolar.

A primeira aplicação do Enade ocorreu em 2004 e a periodicidade máxima da avaliação é trienal para cada área do conhecimento. Em 2015 os cursos aferidos forma Negócios e Humanidades.

O Conceito Preliminar de Curso (CPC) é um indicador de qualidade que avalia os cursos de graduação. Seu cálculo e divulgação ocorrem no ano seguinte ao da realização do Enade, com base na avaliação de desempenho de estudantes, no valor agregado pelo processo formativo e em insumos referentes às condições de oferta – corpo docente, infraestrutura e recursos didático-pedagógicos –, conforme orientação técnica aprovada pela Comissão Nacional de Avaliação da Educação Superior (Conaes).

O Índice Geral de Cursos Avaliados da Instituição (IGC) é um indicador de qualidade que avalia as Instituições de Educação Superior. Seu cálculo é realizado anualmente e leva em conta os seguintes aspectos:

  • Média dos CPCs do último triênio, relativos aos cursos avaliados da instituição, ponderada pelo número de matrículas em cada um dos cursos computados;
  • Média dos conceitos de avaliação dos programas de pós-graduação stricto sensu atribuídos pela CAPES na última avaliação trienal disponível, convertida para escala compatível e ponderada pelo número de matrículas em cada um dos programas de pós-graduação correspondentes;
  • Distribuição dos estudantes entre os diferentes níveis de ensino, graduação ou pós-graduação stricto sensu, excluindo as informações do item II para as instituições que não oferecerem pós-graduação stricto sensu.

Como o IGC considera o CPC dos cursos avaliados no ano do cálculo e nos dois anos anteriores, sua divulgação refere-se sempre a um triênio, compreendendo todas as áreas avaliadas previstas no Ciclo Avaliativo do Enade.

Notícia publicada pelo EDUX Consultoria, dia 19 de julho de 2017, no endereço eletrônico http://www.eduxconsult.com.br/index.php/site/noticias/ver/1272

20 Julho
Atividade
Gamificação como ferramenta didática interativa
Por Jéssica Carvalho

Os estudantes do curso de Engenharia Civil da UNINASSAU campus Pituba - Salvador,  manipulam o simulador de Gestão de Bacia Hidrográfica da Agência Nacional da Àguas (ANA).

A proposta integra as atividades desenvolvidas na disciplina de Hidrologia, ministrada pela professora Aline Santana.

Segundo Aline, foi proposto como aula interativa, a manipulação do  simulador de Gestão de Bacia Hidrográfica da Agência Nacional da Águas (ANA). A aula interativa teve como objetivo sensibilização dos discentes  à respeito dos conflitos e dificuldade relacionadas a gestão das águas.

Tags: 
20 Julho
Atividade
Estudantes de Engenharia montam um simulador de erosão hídrica
Por Jéssica Carvalho

Os estudantes do 5º semestre do curso de Engenharia Civil da UNINASSAU campus Pituba - Salvador,  realizaram a montagem de um simulador de erosão hídrica.  

A proposta integra as atividades desenvolvidas na disciplina de Hidrologia, ministrada pela professora Aline Santana.

Segundo Aline, foi proposto como trabalho avaliativo, a montagem de um simulador de erosão hídrica para potencializar o entendimento dos estudantes no que se refere as funções naturais da cobertura vegetal e do solo nos processos de escoamento superficial, escoamento subterrâneo e infiltração da água precipitada.

O simulador será exposto no rall de entrada do Evento de Licitações da UNINASSAU, Salvador que acontecerá no dia 22 de Julho.   

19 Julho
Evento
Curso de Engenharia Civil realiza exposição de maquetes
Por Jéssica Carvalho

Os estudantes do 1º semestre do curso de Engenharia Civil da UNINASSAU campus Pituba - Salvador,  realizaram na última terça-feira, 17 de Julho, a apresentação de maquetes.  

A proposta integra as atividades desenvolvidas na disciplina de Introdução a Engenharia Civil, ministrada pelo professor Hujo Meijon.

Segundo Hugo, foi proposto como trabalho avaliativo, a construção das maquetes com vista a introdução dos calouros às estruturas prediais que serão abordadas ao longo curso.

As maquetes serão expostas no rall de entrada do Evento de Licitações da UNINASSAU, Salvador que acontecerá no dia 22 de Julho.   

 

19 Julho
Oportunidade
Reunião define os últimos ajustes para o minicurso de Licitação
Por Jéssica Carvalho

Nesta quarta-feira, dia 19 de Julho, na unidade UNINASSAU campus Pituba, Salvador – Ba, foi realizada a reunião para definir os ajustes finais do MiniCurso de Licitação que será realizado no 22 de Julho das 09:00 às 17:00 hs.

 

Estamos em contagem regressiva. Faltando menos duas dias para o Evento se percebe o envolvimento do alunos do curso de Engenharia Civil, bem como do corpo docente.

Além da coordenadora do Curso de Engenharia Civil Jéssica Leite,  participaram da reunião, representantes da Liga dos estudantes de Engenharia Civil, os professores do curso e representantes de diversos setores da unidade para alinhamento da logística necessária para o Evento. 

FIQUE ATENTO A PROGRAMAÇÃO A SEGUIR!!!

19 Julho
2017.2
Horário das Avaliações
Por Priscylla Mesquita

Olá queridos alunos de engenharia civil!

Apesar de estarem de férias ainda, não se esqueçam, planejamento é tudo! 

Fiquem atentos aos horários das avaliações e não percam nenhuma!

Boa Sorte!

19 Julho
2017.2
Horário de Aulas
Por Priscylla Mesquita

Olá! Tudo bom alunos de engenharia civil?

Não percam a hora! Vejam seus horários para 2017.2 e juntem sua turminha para o retorno às aulas!

Boas férias e já estamos no clima de volta às aulas!

Boa sorte!