Faculdade Maurício de Nassau UNINASSAU | Ser Educacional
22 Novembro
Ação
Tem início o projeto responsabilidade social: Cantheiro
Por Patricia Mendes

Tem início o Projeto de Responsabilidade Social: CANTHEIRO. Onde reuniram-se alunos e professores do curso de ARQUITETURA E URBANISMO da UNINASSAU FAP TERESINA. Segunda a coordenadora do curso, Profa Patrícia Mendes, o objetivo maior é incentivar a aplicação de conhecimentos técnicos-científicos, de modo a gerar um benefício social à comunidade local., no caso o Bairro Vila Ferróviária. Será desenvolvido um Parklet numa área escolhida pela comunidade. A execução final do Projeto e sua entrega será dia 28.11.20 pela manhã no bairro Vila Ferroviária em Teresina-PI.

18 Novembro
EVENTO
UNINASSAU é parceira no evento 'CulturAfro'
Por Acacio Ferreira

A Convite do Insituto Uniart, o Curso de Ciêncais Contábeis realizará uma aula pública com a professora convidada Eliane Boa Morte, com o tema: Conhecendo a Nossa História. A aula faz parte da programa do Projeto CulturAfro, para além do novembro negro, o que o povo negro produz de novembro a novembro e não é visibilizado. Encontro acontece nesta segunda (20), das 15h às 19h, no Shopping Center Lapa.

O projeto é de autoria do Instituto Uniart, em parceria com o Shopping Center Lapa, e nesta 2ª edição, a Uninassau é nosso convidado a ser mais um parceiro. A ação tem por objetivo visibilizar o protagonismo cultural das comunidades negras de Salvador que produz arte e cultura o ano inteiro e ficam sem espaço para apresentação. 

 

 

14 Novembro
VISITA TÉCNICA
Discentes visitam Centro Histórico de São Luis
Por Ana Cordeiro

A prof. Wanessa Soares, dentro da disciplina Comportamento e Sociedade, realizou uma atividade de visita à Casa do Maranhão com alunos do 2º período do curso de Psicologia. O local escolhido concentra informações relevantes sobre as manifestações culturais da ilha de São Luís, especialmente sobre figuras sociais como o negro, a mulher, famílias extrativistas, famílias que vivem da pesca, elementos da religiosidade, entre outras.

"A partir do livro do Dalmo Dallari, eu propus a cada turma a construção de um documentário de 10min de acordo com o capítulo do livro que cada equipe ficou responsável só que com o olhar dentro da sociedade ludovicense ou maranhense. Para eles entederem um pouco sobre a nossa cultura e identidade, eu os levei à essa visita para relembrarem nosso passado, nossa história, a chegada dos portugueses, franceses e holandeses, como a sociedade era e como está hoje", disse a professora idealizadora da visita.

O passeio demorou em torno de 2h. Começaram fazendo uma caminhada pelos pontos mais estratégicos da Praia Grande, destacando como a divisão das classes sociais se dava na arquitetura dos próprios casarões. As apresentações dos documentários começaram nessa semana. A ideia é, ao final, juntar todos os vídeos em um único documentário para a inscrição do trabalho no Cine Guranicê da UFMA.

Confira as fotos na Galeria.