Faculdade Maurício de Nassau UNINASSAU | Ser Educacional
18 Março
Edital
I Concurso Estadual de Oratória e Argumentação da OAB Jovem Bahia
Por Alexandre Passos

A OAB Jovem da Bahia tem o prazer de anunciar que será lançado o edital do I Concurso Estadual de Oratória e Argumentação da OAB Jovem Bahia, evento que busca fomentar o conhecimento e fortalecer o desenvolvimento profissional da jovem advocacia baiana.

Jovens advogadas e advogados, preparem-se porque está chegando a hora de aprimorar as suas técnicas de oratória e de argumentação!

Fonte: @oabjovembahia

 

01 Dezembro
Concurso
Beleza Negra
Por Ivana Santos

No Mês da Consciência Negra, a UNINASSAU-JP preparou uma programação especial. 
O Concurso BELEZA NEGRA teve o objetivo de divulgar, sensibilizar e promover junto à comunidade, a beleza negra, buscando valorizar a cultura e estética afro-brasileira, enaltecer a autoestima, a diversidade étnica, o respeito e sobretudo, valorizar a mulher negra enquanto ser social em sua plenitude de direitos e deveres. O concurso  foi aberto a toda e qualquer mulher negra na faixa etária exposta nas regras do concurso.
Além do concurso tivemos um workshop com o maquiador Alisson O'Dell com dicas e técnicas de maquiagem para pele negra.
 
O evento aconteceu ao vivo pelo @uninassau.jp, e foi 100% GRATUITO.
 
Confira na galeria imagens do evento

30 Setembro
Veja como participar
Edital de concurso - Casa Cor 2020
Por Lenira de Melo

EDITAL DE CONCURSO PARA SELEÇÃO DE PROJETOS PARA CASA COR 2020

 

AS COORDENAÇÕES DOS CURSOS DE ARQUITETURA E URBANISMO E DESIGN DE INTERIORES DA UNINASSAU, no uso de suas atribuições e de acordo com o disposto no inciso II do art 8º da portaria nº 36/2005 desta Instituição, resolvem:

ver edital em anexo

22 Fevereiro
Campina Grande
Participe do concurso para criação do logotipo do escritório modelo de arquitetura e urbanismo
Por Ciro Leite

Através de um edital divulgado em nosso curso, fora feita a proposta da criação de um logotipo para o escritório modelo de Arquitetura e urbanismo da Uninassau Campina Grande. Após a seleção e defesa dos projetos, o aluno de nosso curso, Diego Fernandes teve o trabalho vencedor! Para apresentar a identidade visual da Ativa Uninassau, nada melhor que nosso talentoso Diego, não? Então ele explicou todo o processo criativo por trás dessa identidade que, em breve, estampará muitos projetos de cunho educativo e social!

Olá, sou Diego e eu criei a identidade visual da Ativa Uninassau, o escritório modelo de práticas do curso de Arquitetura e Urbanismo!

E vou falar um pouco de como foi abordada a criação da marca, desde a parte estratégica, aquilo que é pensado antes da criação visual, até o desenvolvimento de projetos de aplicação da identidade.

Pra começar, no inicio de cada projeto, precisamos focar em processos estratégicos, que além de guiar para um visual mais assertivo, também orienta o usuário/cliente em tomadas de decisões futuras, tendo em vista que essas ferramentas organizam os atributos que a marca possui.

Para a Ativa, foi criado a Essência da Marca, a Síntese de Marca e o Mapa de Experiência.

Vamos falar um por um, pra ficar mais claro blz?

Primeiro precisamos entender que a “Essênci”, que é o conjunto de atributos que a marca possui. Baseado nas informações passadas no briefing, foi possível chegar a quatro atributos, que seriam eles: Autonomia, Perspectiva, Entusiasmo e Diligência.

Após esse processo de identificação, foi descrito cada um deles e listado uma série de palavras chaves que podem comunicar essas mensagens em diferentes meios e contextos.

A síntese da marca, se origina da resposta de certos questionamentos, por exemplo, “Quem é a marca?”, “Como ela atua?”, “Para quem ela faz o que faz?”, entre outras. Importante frisar que dentro desse contexto, foi criado o mapa de experiência, que consiste em uma ferramenta bastante utilizada, nela, usa-se personas (personagens fictícios com características, objetivos e desejos obtidos em pesquisa com usuários reais) para representar diferentes Stakeholders e em que momento se dá o contato dessas pessoas com a marca, além de trazer à tona o que ela sente e precisa, como age e quais são os pontos de contato em cada um desses momentos, como em cartazes, redes sociais, website, email marketing etc. E é a partir desses dados que são identificados quais são as oportunidades para a marca expressar sua essência, seja através de materiais gráficos, ações ou demais maneiras de tornar a experiência do usuário ainda melhor.

Bom, feito todo esse processo, aí é hora de partir para a produção! De modo geral a identidade visual deveria contemplar um sistema que possibilitasse diversas variações, possibilitando que a marca seja percebida de modo consistente em todos os materiais. A criação do logotipo levou em conta sistemas básicos de desenho, mas bastante pertinentes ao tipo de trabalho, sendo usados formas geométricas para criar uma simbologia direta com o nome do escritório e o curso de arquitetura. Tudo passado de forma mais lúdica e com o olhar no futuro e na inovação, sem muita caretice saca?

Por isso também, acreditamos que para esse tipo de projeto faz mais sentido o uso de uma fonte de código aberto, sendo assim essa licença permite não só que as diferentes pessoas da equipe possam utilizá-la sem custo, mas também que modificações possam ser feitas (como criar caracteres alternativos, etc), afinal é importante está alinhado com as possibilidades de mudanças futuras. Por isso, as fontes escolhidas foram BELL MT e JELEE-ROMAN, principalmente pelo desenho e curvas suaves, mas precisas e com presença forte.

Para as cores, foi percebido que as cores oficiais que compunham a marca da instituição Uninassau, era uma boa partida, sendo assim, elas são as institucionais da marca ATIVA UNINASSAU. Tratam-se de cores vibrantes e cheia de energia, características que fazem vez ao nome do escritório. O preto e o branco vão aparecer juntos na cor grafite, que vai funcionar como uma sombra para o desenho do logo e para a escrita da tipologia, principalmente com o intuito de expressar sobriedade e equilibrar o conjunto geral. E para dar mais versatilidade à marca, as cores institucionais não precisam necessariamente estar presentes nas peças de divulgação ou em eventos. Quando for necessário, uma nova paleta pode ser utilizada contento cores advindas da própria ação.

Para concluir, vou resgatar o que foi dito no inicio sobre estratégias, aquelas lá do início do projeto, tá ligado? Todas elas ajudaram a dar parâmetros de criação do sistema visual apresentado, que engloba uma identidade visual pregnante pautada principalmente pelo desenho da simbologia e tipografia, ao mesmo tempo que permite uma liberdade estética através da versatilidade de aplicação.

Tudo pensado em como refletir, da melhor maneira possível, os anseios e modo de vida dos futuros usuários do programa de extensão. Afinal, como o próprio nome já diz, Ativa simboliza principalmente um percurso na jornada de pessoas que pensarão ativamente a arquitetura e urbanismo inseridos dentro do nosso contexto sociocultural.

Espero que tenham gostado!

Até a próxima.

 

 

30 Maio
EMPREENDEDORISMO
Grupo Ser prorroga inscrições para O Concurso
Por Fernanda Pinto

Confira

08 Maio
PEDAGOGIA
Convite: preparatório para concursos
Por Luana Tavares

Confira as informações e saiba como participar

11 Outubro
Evento
1º Nerdcon será realizado em outubro
Por Jose Allan

O evento será nos dias 20 e 21

01 Outubro
DIREITO
Projeto "Tecendo Idéias, Construindo o Direito" abre inscrições
Por Roberta Marques

A coordenação do curso de Direito, da Unidade FAP Teresina, torna público o Regulamento do Projeto "Tecendo Idéias, construindo o Direito"- um Concurso de Artigos Científicos. Podem participar alunos do 2º ao 10º blocos do curso de Direito, e as inscrições podem ser feitas de 01 a 18 de outubro, no Apoio das Coordenações, no horário das 8 às 18h.

Confira mais informações no anexo abaixo:

 

19 Setembro
SELEÇÃO
Alunos participam de seletiva Sabor do Campo
Por Isabela Maria

Foi realizado no dia 18 de setembro de 2018, às 17:30h, no laboratório de panificação do curso de gastronomia da UNINASSAU Maceió, a seletiva do concurso Agrinordeste/Sabor Rural que ocorrerá no mês de outubro no Centro de Convenções de Recife.

O concurso foi realizado com alunos de gastronomia do 2º e 4º períodos e contou com a participação de 03 duplas. A comissão julgadora foi formada pelos Professores(as) Isabela Barbosa (Docente de Cozinha Asiática), Marco Peixoto (Docente de cozinha brasileira) e Antonio Mendes Jr. (Coordenador do curso de gastronomia).

Ao final da avaliação, foi sagrado vencedor a dupla do 2º Período Manhã (Francis Pereira e Elwison Santos), os alunos representarão a UNINASSAU Maceió no concurso em Recife, no mês de outubro.

 

Parabéns a todos!!!

05 Junho
RESULTADO
Resultado da seleção de projetos para Fenearte 2018
Por Lenira de Melo

Saiu o resultado do Concurso para a Praça de Descanço da UNINASSAU da XVIII Fenearte!

 

O concurso foi aberto para todos os alunos dos cursos de Arquitetura e Urbanismo e Design de Interiores da instituição. Foram inscritas oito equipes e três trabalhos selecionados para julgamento. A Comissão julgadora foi composta pelos docentes Danyeverson Phelipe, Andrea Romão, Genésio Padilha e Lúcia Helena. Os critérios para julgamento foram: solução plástica, solução espacial, exequibilidade do projeto, dentro do contexto pré-definido - Tema: FENEARTE HOMENAGEIA MESTRE SALUSTIANO. A Praça da UNINASSAU teve como tema "O MARACATU PIABA DE OURO". O projeto será executado na XVIII Fenearte, com montagem realizada pelos alunos da equipe vencedora, acompanhados pelo professor orientador.

Resultado:

Equipe vencedora - Rúbia Rafaelly, Manuella Campos - alunas do sétimo período, turno manhã, orientados pela docente Lenira de Melo.

Segundo lugar - Ana Priscilla, Claudia Letícia, Graziele Fonseca, Aline Souza, Luiz Renato, Sabrina Souza, Joana Letícia - alunos do sétimo período, turno noite, orientados pela docente Suely Vasconcelos.

 

Terceiro lugar - Dayenne Gomes, Emilly Gonçalves, Gisele Patriota, Italo Cabral, Jonas Neves, Mathes Arruda, Miquelina Góndola - alunos do quinto período, turno manhã, orientados pela docente Andrea Reis.

 

Segue o parecer da comissão:

"O trabalho representa a essência do novo caminho trilhado pela arquitetura e pelo design. Busca a relação entre a tradição e a sustentabilidade, com materiais simples, clareza na leitura espacial apresenta uma solução que se encaixou com firmeza ao que foi solicitado no concurso. A dinâmica do espaço, que pode ser alterada mudando a posição dos bancos de pallet, traz flexibilidade ao lugar o que torna o projeto ainda mais interessante."

"Um ponto forte na proposta é o uso dos pallets para compor os assentos, pois permite flexibilidade no layout da praça, tornando e espaço dinâmico"

"A equipe vencedora conseguiu, de forma simples e utilizando materiais recicláveis e de baixo custo, expressar a autenticidade do maracatu e a sua força no cenário artístico pernambucano e brasileiro."

 

A coordenação e docentes parabeniza a todos os alunos envolvidos!!!

Páginas