Faculdade Maurício de Nassau UNINASSAU | Ser Educacional
24 Agosto
Evento
2º Congresso Nacional de Ciências Exatas e Tecnologia acontece em Belém
Por Bruno Gomes

O Hangar, do Centro de Convenções da Amazônia, vai ser polo do 2º Congresso Nacional de Ciências Exatas e Tecnologias, de 28 a 30 de setembro. O evento é promovido pela UNAMA, com apoio do Grupo Ser Educacional, UNINASSAU, Faculdade Joaquim Nabuco, UnG e Univeritas.

O Congresso que tem como tema central as “Soluções inovadoras no espaço arquitetônico e no Design de Interiores”, e vai abordar assuntos como a arquitetura, urbanismo, paisagismo e design de interiores na contemporaneidade, considerando paradigmas vigentes e tendências de consumo, produção, questões ambientais e sustentabilidade na área de criação, projetação, construção, utilização, pós-uso e descarte no âmbito civil e tecnológico.

 

Para mais informações acesse o portal de eventos da instituição: https://eventos.sereduc.com/evento/110/2-congresso-nacional-de-arquitetura-e-urbanismo-belempa

 

 

24 Agosto
Evento
2 º Congresso Nacional das Engenharias acontece em Belém
Por Bruno Gomes

Belém irá sediar o 2º Congresso Nacional das Engenharias, que acontecerá nos dias 28, 29 e 30 de setembro, no Hangar - Centro de Convenções e Feiras da Amazônia. “Inovações Científicas e Tecnológicas – As Engenharias no Atual Contexto Tecnológico” é o tema principal do evento que é uma realização da Universidade da Amazônia - UNAMA e conta com o apoio da Faculdade Maurício de Nassau Belém, da Univeritas, UnG, Uninassau e Faculdade Joaquim Nabuco. O Congresso irá abordar sobre as novas tecnologias aplicadas na Engenharia Civil, Engenharia Ambiental e Sanitária, Engenharia de Produção, Engenharia Mecânica e Engenharia Elétrica. Contará com a presença de ilustres e renomados palestrantes nacionais, minicursos e submissão de trabalhos científicos apresentados em e-posters.

   

Para mais informações acesse o portal de eventos da instituição: https://eventos.sereduc.com/evento/108/2-congresso-nacional-de-engenharias-belempa

 

24 Agosto
Atenção
Horário de aulas
Por Carolina Tavares

Alunos de Farmácia e Biomedicina, fiquem atentos aos horários de aula.

Bons estudos!

 

 

24 Agosto
Atenção
Comunicado: internato cirurgia
Por raquel.porto

Prezados,

A reunião marcada para hoje, com Dr. Paulo Sérgio, será nas Graças (Bloco A - sala 217) às 18:30h.

Reforço que a presença de todos é obrigatória!

Qualquer dúvida, entrar em contato com a gerência de estágios.

 

Tags: 
24 Agosto
Atenção
Edital de monitoria 2017.2
Por Francisco Cunha

O Coordenador Valmor Macedo do Curso de Fisioterapiada Aliança, no uso de suas atribuições e de acordo com o disposto no inciso II do art.8º do Regulamento de Monitoria desta IES, resolve:

Art.1º.Ficam abertas as inscrições para o processo seletivo de monitoria no período de 30 de agosto a 01 de setembro no apoio das coordenações no horário de8:00 às 21:00.

Art.2º.O processo seletivo será realizado no dia 05 de setembro de 2017 às 17:00 na faculdade Uninassau-Redenção e constará de prova escrita e entrevista, sobre todos os assuntos do programa da disciplina à qual o(a) discente está se candidatando,além da avaliação do histórico escolar do candidato.

Art.3º. A banca examinadora será constituída de 03(três) professores(as) do curso,ministrantes da disciplina afim,sendo um deles,designado pelo Coordenador do Curso para presidir os trabalhos.

Art.4º. A nota final será a média aritmética das notas atribuídas pela banca examinadora à prova teórica e/ou prática (peso=6) e ao histórico escolar do aluno (peso=4).

Art.5º.As demais regras para o concurso são aquelas constantes no Regulamento de Monitoria.

Art.6º.A vaga será destinada à(s) disciplina(s)constante no quadro abaixo:

Monitor (s)

Professor (s)

Disciplina (s)

Curso(s)

Vagas

Adielle Memória 

Anatomia Humana 

 Fisioterapia

 02

 Flávia Melo Barreto

 Citologia

 Fisioterapia 

 03

 Nidiany Medeiros

 Cinesioterapia

 Fisioterapia 

 02

Valmor Macedo

Eletrotermofototerapia

 Fisioterapia

01

Valmor Macedo

Métodos e Técnicas de Avaliação

 Fisioterapia

01

Art.7º. OscasosomissosserãoresolvidosporestaCoordenação do curso.

Art.8º.Nãohaverárevisãodeprovasnemdasnotasatribuídas.

 

Teresina, 25 de agosto de 2017

Tags: 
24 Agosto
MATÉRIA
Parcerias que alteraram a situação do sarampo no país
Por Edjacy Lopes

 

O sarampo, doença que por décadas foi uma das principais causas da mortalidade infantil no país, teve seu avanço contido graças à articulação de esforços nos três níveis de atenção à saúde. Representando um desafio para a saúde pública, a doença passou a ser considerada de notificação compulsória em todo o território nacional em 1968, quando foram registrados 129.942 casos.

O consultor científico de Bio-Manguinhos, Reinaldo Menezes, explica que o sarampo é uma doença infectocontagiosa aguda e transmissível por via respiratória, com alta carga de contágio para quem ainda não teve a enfermidade ou não foi vacinado. “O tempo entre o contágio e o aparecimento dos sintomas é de aproximadamente 8 a 12 dias. A doença, no entanto, pode ser transmitida antes de os sintomas aparecerem. Depois de três dias, aparecem erupções no rosto, que se disseminam pelo corpo, além de febre, espirro, tosse e conjuntivite”, acrescenta.

Considerada uma doença grave, o sarampo tem a pneumonia, otite e encefalite como as principais complicações, além de aumentar o risco de desnutrição. Menezes ressalta que o diagnóstico, feito por exames clínicos e laboratoriais, é necessário para a pesquisa dos casos. “Faz-se um exame sorológico, que indica que a pessoa adquiriu sarampo há pouco tempo. Como não há tratamento, apenas medicações paliativas, a vacinação é fundamental”, destaca. 

Leia a matéria completa aqui.

24 Agosto
MATÉRIA
Biossensores na medicina
Por Edjacy Lopes

Avanços recentes no campo da biologia molecular estão ampliando as possibilidades de uso de biossensores no diagnóstico e na prevenção de doenças. Desenvolvidos com base em elementos de reconhecimento biológico, como antígenos e anticorpos, esses dispositivos podem se tornar aparelhos portáteis e baratos, semelhantes aos utilizados na medição das taxas de glicose no sangue. Amplamente usados em outros países, os biossensores atraem cada vez mais a atenção de grupos de pesquisa brasileiros, que nos últimos anos passaram a investir em dispositivos voltados especificamente para a detecção de doenças infecciosas negligenciadas, associadas à pobreza e à falta de saneamento básico. É o caso dos pesquisadores do Grupo de Nanomedicina e Nanotoxicologia do Instituto de Física de São Carlos da Universidade de São Paulo (IFSC-USP). Desde 2010 eles trabalham no desenvolvimento de um conjunto de sensores capazes de identificar sinais de doenças diversas. Caso se mostrem eficazes nos próximos estágios de avaliação, esses aparelhos podem se tornar uma alternativa aos exames realizados em laboratórios de análises clínicas e ser usados em consultórios médicos ou por agentes de saúde em visitas às residências de pessoas que vivem em regiões remotas do país.

Nos Estados Unidos, os biossensores há algum tempo estão sendo usados por médicos para acelerar os resultados de exames ou no monitoramento das condições de saúde de indivíduos acometidos por doenças como Aids e hepatite C. Em outras situações, ajudam a medir os níveis de oxigênio ou álcool no sangue, como no caso de um biossensor flexível criado por pesquisadores da Universidade da Califórnia em San Diego. Também os Institutos Nacionais de Saúde (NIH) daquele país investem em pesquisas para a concepção de biossensores médicos baseados em sistemas diversos, seja de atração química, correntes elétricas, detecção de luz, entre outros.

Confira a matéria completa.

 

24 Agosto
MATÉRIA
A era da edição gênica
Por Edjacy Lopes

Pesquisadores liderados pelo geneticista Shoukhrat Mitalipov, da Universidade de Saúde e Ciência de Oregon, nos Estados Unidos, usaram uma técnica de edição de genes para corrigir em embriões humanos uma mutação responsável pelo desenvolvimento tardio de uma doença cardíaca. Essa é a primeira demonstração feita nos Estados Unidos de que é possível eliminar uma cópia defeituosa de um gene e substituí-la por uma versão íntegra nas células do embrião sem, aparentemente, prejudicar o seu desenvolvimento. Valendo-se da mesma técnica, em março deste ano, a equipe de Jianqiao Liu, da Universidade Médica de Guangzhou, na China, já havia restaurado em embriões humanos dois genes ligados a duas formas de anemia, mas com um índice menor de sucesso.

No estudo publicado em 2 de agosto na revista Nature, Mitalipov e outros 30 pesquisadores dos Estados Unidos, da Coreia do Sul e da China usaram uma técnica de edição de genes chamada CRISPR-Cas9 para eliminar a cópia alterada do gene MYBPC3, que codifica uma proteína descoberta nos anos 1980 pelo biólogo brasileiro Fernando Reinach. Esses sistema de edição é formado por uma proteína (Cas9) ligada a uma molécula que a direciona a uma região de repetições do DNA conhecida pela sigla CRISPR (ver Pesquisa FAPESP nº 240). A Cas9 corta a fita dupla de DNA e ativa nos embriões os mecanismos de reparo que produziram uma cópia íntegra do MYBPC3 – as células humanas têm duas, mas uma mutada já causa problemas. Antes das equipes de Mitalipov e de Liu, outros grupos na China haviam tentado usar a técnica para editar embriões humanos, sem sucesso.

Texto na íntegra disponível aqui.

23 Agosto
EDITAL
Abertas inscrições para monitorias 2017.2
Por Andreza Silvia

Estão abertas inscrições para o programa de monitorias do curso de Enfermagem. Você poderá realizar a inscrição na seleção até sexta-feira, dia 25 de agosto. O edital de seleção, assim como o link para inscrição estão em anexo, no edital de seleção de monitorias.

23 Agosto
EVENTO
Ultrassom natural é tema de aula show gratuita
Por Kirlene Scheyla

Venha conhecer uma das áreas de atuação da Enfermagem na Faculdade Uninassau de João Pessoa. No dia 26 de agosto, Aline Carvalho, enfermeira obstetra, estará na unidade ministrando uma aula show com o tema "Enfermagem e a Ultrassom natural, uma mistura de arte". O evento é gratuito com certificados disponibilizados posteriormente online. 

 

Através de um exame físico, uma enfermeira obstetra consegue detectar a posição do bebê e até as condições do líquido amniótico. Tudo é representado em um desenho na barriga que ajuda os pais a visualizarem o novo membro da família.