Faculdade Maurício de Nassau UNINASSAU | Ser Educacional
18 Agosto
LIVE
LIVE: a vivência e desafios como consultora de amamentação durante a pandemia
Por Silvia Santana

O encontro virtual será na próxima quinta (27)

06 Setembro
MATÉRIA
Uso da chupeta pode atrapalhar a amamentação
Por Jessica Campos

            Evidências consistentes apontam que o uso da chupeta por crianças de 1 a 24 meses pode ser um dos vilões contra a prática da amamentação e é o fator mais associado ao desmame precoce. O dado consta no documento científico “Uso da chupeta em crianças amamentadas: pós e contras” produzido pela Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP), que faz um alerta aos pais sobre o tema.  

             Além de riscos de desmame precoce, o uso da chupeta por bebês pode aumentar a possibilidade de ocorrência de outros problemas. Alguns estudos afirmam que podem surgir alterações no desenvolvimento da linguagem oral, com impacto negativo sobre a produção dos sons da fala. A respiração também seria diretamente afetada pelo uso da chupeta. Enquanto a amamentação favorece a respiração nasal, promovendo o adequado desenvolvimento craniofacial, o bico artificial faz com que a criança muitas vezes pare de respirar pelo nariz, o que é desejado, e passe a respirar pela boca.  

Confira a matéria completa.

01 Agosto
ALEITAMENTO MATERNO
Semana Mundial da Amamentação
Por Steffany Pontes

A Organização Mundial de Saúde (OMS), desde sua criação em 1942, estabaleceu ações voltadas a saúde da criança. Já em 1990 a OMS e a UNICEF, elaboraram um documento chamado "declaração de innocenti" convocando paises e organizações, em defesa do aleitamento materno, devido aos inúmeros benefícios trazidos ao binômio mãe-filho.

Entre os dias 1 a 7 de agosto é comemorada a Semana Mundial do Aleitamento Materno, onde se estimula a prática do aleitamento materno exclusivo (AME) até 6 meses de vida; no entanto, dados nacionais demonstram que apenas 41% das mães brasileiras beneficiam seus filhos com essa prática nutricional fundamental para a saúde humana.

"Neste contexto, o Curso de Nutrição da UNINASSAU, tem a responsabilidade acadêmica e social, de formar futuros Nutricionistas sensíveis ao problema e capacitados a atuar junto a sociedade na promoção do aleitamento materno exclusivo até 6º mês de vida" ressalta o Coordenador do Curso de Nutrição da UNINASSAU Caruaru, Adriano Oliveira.

Confira as matérias completas abaixo:

http://www.redeblh.fiocruz.br/cgi/cgilua.exe/sys/start.htm?sid=377

http://www.brasil.gov.br/saude/2016/08/brasil-e-referencia-mundial-em-amamentacao