Faculdade Maurício de Nassau UNINASSAU | Ser Educacional
28 Julho
MEDICINA VETERINÁRIA
Vacinação antirrábica:fique atento
Por Jose Teles

Confira

17 Julho
FARMÁCIA
Você sabe quais são as etapas da vacina?
Por Romulo Herlon

Confira

11 Setembro
EVENTO
Informações - Campanha de Vacinação Antirrábica - João Pessoa
Por Jose Teles

Caros alunos.
 
Informo a todos que, os alunos inscritos para participar da campanha de vacinação antirrábica, promovida no município de João Pessoa, a cargo do CCZ, em parceria com o Curso de Medicina Veterinária da Uninassau João Pessoa, deverão estar no CCZ (trevo das Mangabeiras - pista do Bancários sentido Mangabeira) pontualmente às 8h do dia 22/09 (dia da campanha) para orientações e distribuição nos postos de vacinação.
 
Agradeço pelo envolvimento de todos!
 
Peço atenção e compromisso.
 
Desejo sucesso!

24 Agosto
VACINA
Procedimentos para tomar vacina contra a raiva humana
Por Jose Teles

Como fazer para tomar vacina contra a raiva humana?

Conheça os procedimentos descritos na imagem a seguir.

Não fique de fora. Prevenir é a melhor e mais eficiente alternativa de evitar riscos.

Dúvidas? Procure a coordenação do curso.

Atenciosamente,

Prof. Andreey Teles – Coordenador do Curso de Medicina Veterinária – João Pessoa.

Anexo: 
24 Agosto
ALUNO
Alunos só poderão acessar os ambientes de prática mediante comprovação de vacinas
Por Jose Teles

Prezados discentes,

Em atendimento à legislação, mais precisamente no que se refere a Portaria 597/04 GM/MS e o Manual de Controle da Raiva dos Herbívoros, do Ministério da Saúde, fica determinado que, para a segurança de toda a comunidade acadêmica, os alunos só poderão acessar os ambientes de prática (dentro e fora da academia) e estágio (curricular e extra-curricular) mediante comprovação de que está com as vacinas obrigatórias em dias, inclusive a anti-rábica.

Os alunos que são impedidos de serem vacinados por questões de saúde ou religiosa, deverão apresentar documentação comprobatória, contendo carimbo e assinatura do emitente.

Esta medida visa a integridade de todos os envolvidos no processo de ensino-aprendizagem, constituindo-se como uma medida de saúde pública e bem-estar.

Os cartões devidamente atualizados deverão ser apresentados num prazo de 60 dias da data deste documento.

Anexo: 
07 Setembro
Salvador
Vacina portuguesa contra a malária testada em humanos
Por Sueli Maria

 

Vacina portuguesa contra a malária testada em humanos Apresentação dos resultados é esperada para 2018. Por Lusa|30.05.17PARTILHE0 1 / 4 Vacinação Getty Images 0 Uma vacina contra a malária desenvolvida por cientistas portugueses vai ser testada em humanos num ensaio clínico que começa esta terça-feira na Holanda, disse à Lusa o líder da equipa de investigadores, Miguel Prudêncio.

A vacina, criada por uma equipa do Instituto de Medicina Molecular de Lisboa, incorpora o parasita que causa a malária em roedores e que é 'mascarado' com o parasita que infeta as pessoas, para que o sistema imunitário humano possa reconhecê-lo e combatê-lo numa fase em que os sintomas da doença não se manifestam. A malária é uma doença transmitida pela picada da fêmea do mosquito "Anopheles" infetada pelo parasita do género "Plasmodium". Um dos parasitas da malária mais agressivos e que causam a infeção nos humanos é o "Plasmodium falciparum". Em alguns roedores, a infeção é provocada pelo "Plasmodium berghei", que é inofensivo para as pessoas. O que a equipa de Miguel Prudêncio fez foi usar o parasita da malária que infeta roedores e modificá-lo geneticamente para expressar uma proteína do parasita que contagia os humanos. "A expetativa é que o sistema imunitário reconheça o parasita", disse Miguel Prudêncio. 


Confira a matéria completa. 

24 Abril
CONSULTA
Anvisa vai consultar público se farmácias devem vender vacinas
Por Rene Araujo

Anvisa vai abrir consulta pública antes de decidir se vacinas podem ser vendidas e aplicadas em farmácias e drogarias do país.
 
O objetivo seria reforçar a prevenção a doenças e epidemias imunológicas, como a dengue e a febre amarela, a partir da ação desses estabelecimentos particulares. Segundo a agência, será o início do processo de regulamentação
 
Confira a matéria completa aqui.