Faculdade Maurício de Nassau UNINASSAU | Ser Educacional
26 Março
LAURO DE FREITAS
Discentes participam de aula de campo
Por Maria Santos

No último sábado (23), aconteceu a primeira aula de campo interdisciplinar do curso de pedagogia com a presença de quase 70 estudantes de Pedagogia da UNINASSAU Lauro de Freiras participaram da aula de campo no Centro Histórico de Salvador visitando o Museu da Misericórdia da Bahia e a Basílica da Nossa Senhora da Conceição da Praia, aprendemos e refletimos sobre a riqueza do espaço museológico como patrimônio cultural, dinâmico e didático que conta a história da Bahia e do Brasil.

Parabéns as estudantes que se permitiram a mais um momento de crescimento pessoal e profissional.

Parabéns a equipe docente que planejou e materializou esse momento com muito carinho e respeito a formação profissional das futuras pedagogas, são elas as professoras: Saionara Bonfim, Deise France, Marta Moreira, Renata Spínola, Márcia Leone e nosso professor queridíssimo Amilton Castro.

Confira as fotos em anexo!

 

26 Março
PEDAGOGIA
Discentes participam de atividade Nivelamento
Por Maria Santos

No último sábado(23), às 8h, aconteceram no curso de Pedagogia as Primeira Atividades de nivelamento do semestre. 
Uma de Gramática e Ortografia com Professora Mestre Virgínia Silva e a outra com o Professor Doutor Gabriel,  atividade denominada de Análise da construção de texto dissertativo como ação para a turma Enade 2020. 
 
Segue em anexo as fotos! 

25 Março
PEDAGOGIA
UNINASSAU Belém terá Biblioteca Itinerante
Por Gissele Christine

O curso de Pedagogia unidade Belém realiza o Projeto Ser Leitor, que consiste na arrecadação de livros infantojuvenis, que irão compor uma biblioteca itinerante. As doações podem ser feitas até o dia 12 de abril, na coordenação do curso de Pedagogia ou no Núcleo de Atendimento ao Aluno, na unidade Quintino.
O objetivo do Projeto Ser Leitor é arrecadar livros e compor uma biblioteca itinerante, para despertar, incentivar e promover a leitura no âmbito escolar, visando a melhor qualidade ensino aprendizagem e o desenvolvimento sociocultural. A prática vai incentivar ao cotidiano escolar a prática da leitura do livro como uma das prioridades no processo de aprendizagem, a nossa proposta é trabalhar a leitura com diferentes objetivos, na busca de informações, do próprio prazer de ler, de comunicar um texto a um auditório, entre outros.
A biblioteca itinerante vai percorrer escolas, praças, parques e outros locais que possa reunir o maior número de pessoas interessadas na atividade lúdica. Em breve, o calendário será divulgado.

25 Março
PEDAGOGIA
Unidade sedia palestra sobre Autorresponsabilidade e Carreira
Por Gissele Christine

No próximo dia 26, às 19h, a unidade Belém vai realizar a palestra “Autorresponsabilidade e carreira: um upgrade para o sucesso”, com o doutorando em Administração, Daniel Martins, que atua na área do desenvolvimento integrativo humano e organizacional em questões ligadas à gestão de conflitos e liderança. O professor Daniel Martins atua na ESENCA INSTITUTE como reprogramador mental, constelador sistêmico, Master Coach, terapeuta Sistêmico e consultor em desenvolvimento Humano e organizacional. A palestra ocorrerá no Auditório do 1º andar, localizado no Bloco Quintino Bocaiúva.
 
O nosso convidado é especialista em carreiras, empresário renomado e traz uma experiência que vai ajudar o público a compreender as exigências do atual mercado de trabalho. A palestra é aberta aos alunos de todos os cursos da UNINASSAU Belém. Os interessados devem se inscrever no site.

22 Março
ARTIGO
Conheça mais sobre o Dia Internacional da Síndrome de Down
Por Gilma Benjoino

21 de Março. Uma data muito importante para pais, amigos e pessoas com síndrome de Down  (SD), visto que é comemorado o Dia Internacional da SD. Esta data foi escolhida, pois faz alusão aos 3 cromossomos no par número 21, assim, 21/03. O doutor John Langdon Down, em seu trabalho na catalogação da deficiência mental, foi o primeiro médico a organizar um trabalho com crianças com síndrome de Down. A discutida síndrome recebeu esse nome a fim de homenagear o doutor Down.

            Ao pensarmos o processo de aquisição da linguagem das crianças com SD, buscamos referências no trabalho da linguista Scarpa (2001), para ela, crianças com síndrome de Down passam pelos mesmos processos de aquisição que uma criança sem síndrome, contudo, muito mais lentamente. Dessa forma, esse postulado é relevante para o profissional pedagogo, pois ele abre as possibilidades de um trabalho plural, adequado a cada criança respeitando a sua cultura, bem como, a sua história. 

            Seja para o pedagogo ou para o profissional das outras áreas, a síndrome de Down será “o ponto de partida, não de chegada”, em outras palavras, o profissional não tomará a SD enquanto limitadora desta criança, pelo contrário, por meio da mediação irá ajudá-la a trilhar os caminhos alternativos do desenvolvimento, discutidos por Lev Vigotsky. O profissional munido de duas bagagens imprescindíveis, a acadêmica e a humana, conduzirá esta criança a apropriar-se da sua condição enquanto uma mola propulsora para superação de todas as suas dificuldades, partindo rumo à conquista de sua autonomia e de exímias conquistas. 

 

Nayra Marinho

Docente Esp. em Libras e Educação de Surdos da Uninassau – Vitória da Conquista

 

 

 

 

SCARPA, E. M. Aquisição da Linguagem. In: MUSSALIM, Fernanda; BENTES, Anna Christina (Org.). Introdução à linguística: domínios e fronteiras. São Paulo: Cortez, 2001. p. 203-232.

 

14 Março
VITÓRIA DA CONQUISTA
Inscrições abertas para curso na área de Pedagogia
Por Gilma Benjoino

Oportunidade especial para você, aluno de qualquer curso, para aprimorar sua leitura e escrita. O curso de Extensão Palavras, sentidos e intenções: em dia com a leitura e a escrita, que acontecerá  nos próximos sábados desse mês. Confira o cronograma:

1º ENCONTRO – 16 DE MARÇO DE 2019 - Das 8:00 às 12:00h

TÓPICOS DE LEITURA: conteúdo temático, interlocutor, finalidade do texto, intencionalidade, argumentação, contexto de produção, intertextualidade, vozes e discursos ideológicos presentes no gênero.

2º ENCONTRO – 23 DE MARÇO DE 2019 - Das 8:00 às 12:00h

TÓPICOS DE ESCRITA: informatividade, referência textual, elementos composicionais do gênero, tópicos gramaticais.

3º ENCONTRO – 30 DE MARÇO DE 2019 - Das 8:00 às 12:00h

ANÁLISE LINGUÍSTICA: coesão, coerência, pontuação, progressão referencial, regras ortográficas, operadores argumentativos, concordância verbal e nominal.

Faça sua inscrição através do endereço; extensao.uninassau.edu.br

Aguardamos vocês!

 

11 Março
PEDAGOGIA
Fiquem atentos ao quadro de horário do 7º Período
Por Silvana Nascimento

Fiquem atentos e confira em anexo o horário das aulas do 7º período de 2019.1, referente ao curso de Pedagogia. 

Anexo: 
01 Março
PEDAGOGIA
Sejam bem-vindos, calouros!
Por Niraildes Machado

A instituição recebeu os novos alunos do curso de pedagogia

25 Fevereiro
Pedagogia
Oficina: "Literatura Infantil, uma viagem pelo imaginário"
Por Rhudson Nunes

A oficina de Literatura Infantil foi realizada para os alunos do CMEI da Romualdo Galvão, para os alunos e o corpo docente da instituição sobre a coordenação da professora Nathalia Ferreira e os alunos do 3º período noturno da Uninassau Natal do curso de Pedagogia.

No dia 22 de fevereiro as 8h30, começaram os trabalhos e assim as apresentações culturais e curso de apresentação de peça infantil para os discentes, uma metodologia diferente que pode ser aplicada em sala de aula para motivar e incentivar os alunos ao hábito da leitura, bem como trabalhar ao mesmo tempo a escrita e o imaginário da criança.

A literatura infantil é um caminho que leva a criança a desenvolver a imaginação, emoções e sentimentos de forma prazerosa e significativa. É importante para a formação de qualquer criança ouvir muitas e muitas histórias, pois é através dos livros e contos infantis que a criança enfoca a importância de ouvir, contar e recontar histórias.

Aproveitando também, que nesta fase as crianças apresentam maior capacidade de concentração, fixam como ouvintes, e conquistam sua própria linguagem, montamos este projeto abrangendo contos e histórias acreditando que o conto deve ser prazeroso e não repetitivo e mecânico, de forma que nos permita viajar em outro mundo proporcionando momentos de risos, novos conhecimentos e sonhos. Incentivar a formação do hábito de leitura na idade em que todos os hábitos se formam, isto é, na infância, é muito importante. Neste sentido a literatura infantil é uma peça fundamental para este desenvolvimento.

Quanto mais cedo a criança tiver contato com os livros e perceber o prazer que a leitura traz, maior será a chance de torná-la um adulto leitor, pensante e crítico socialmente. A literatura infantil, então, deve fazer parte da rotina de adultos e crianças, tanto na escola, quanto em casa, uma vez que através da literatura infantil podemos levar nossas crianças para qualquer lugar, mágicas ou reais.

Páginas